Atenção: Esta é uma versão antiga do MoneyLog. Veja a versão mais recente do programa.

Após 88 horas de trabalho em algumas semanas de desenvolvimento ativo da versão Beta, que foi programada "ao vivo" via twitter e contou com a ajuda de vários usuários dando sugestões e apontando problemas, saiu a versão final do MoneyLog 4 em 15 de agosto de 2009.

Dica: Já é usuário do MoneyLog 3 e quer saber como migrar seus dados para esta versão nova? É fácil!
Dica: Já é usuário do MoneyLog Beta? Ué, então pra quê estagnar na v4? Continue na beta e seja feliz! :)
Dica: Nunca usou o MoneyLog? Experimente agora e depois leia o FAQ e importe seu extrato bancário com o conversor!

Lista de novidades

Opções:

Gráficos:

Lançamentos:

Extratos:

Tags:

Geral:

Quanta coisa né? Não perca tempo, teste e baixe a versão nova agora:
http://aurelio.net/moneylog/moneylog4.html

Interface Nova

Extrato Diário

Tema vermelho, mais opções no topo, tabela mais bonita no extrato, coluna nova de Acumulado, menu de tags agora fica no rodapé.

Extrato Mensal

Opção de mostrar lançamentos futuros, gráficos de porcentagem ao lado do extrato, gráfico de barras após o extrato (pode escolher qual coluna mostrar), linhas de total, mínimo e máximo no final.

Barra de Tarefas

Barra de Tags

O antigo menu de tags que ficava no canto esquerdo foi movido lá para o rodapé, liberando um precioso espaço lateral para que o extrato brilhe sozinho no meio da tela. Mas o funcionamento continua o mesmo: clique para marcar e desmarcar tags e o extrato será atualizado de acordo.

Veja como ficou bem mais fácil perceber quando uma tag está selecionada:

Quando duas ou mais tags são selecionadas, aparece a opção para uni-las, ou seja, serão mostrados apenas os lançamentos que possuírem todas as tags selecionadas. Esta opção é o mesmo que aquele antigo "+" que aparecia no topo menu de tags.

Nota: Esta barra nova é um alívio para aqueles que usam muitas tags (eu!) e tinham que ficar rolando a tela para ver o final da lista.

Gráficos

Aviso: Não se preocupe! Apesar dos gráficos, o MoneyLog continua sendo um programinha minúsculo, rápido e simples. Nenhuma biblioteca JavaScript externa foi adicionada, esta é uma solução "caseira" para gráficos, utilizando apenas HTML+CSS.

Gráfico de %

Nos extratos mensal e anual, há uma coluna nova que mostra a porcentagem entre ganhos e gastos durante aquele mês/ano.

Mas o mais legal é que essas porcentagens são mostradas em um gráfico de barras nas cores azul e vermelho, ficando muito fácil achar os grandes vilões:

Gráfico de barras

Nos extratos mensal e anual, agora tem um gráfico bacana no final, que mostra a evolução de uma determinada coluna (ganhos, gastos, saldo, acumulado) durante aquele mês/ano.

Dica: Se você mudar a ordenação das linhas do extrato (basta clicar nos títulos das colunas), o gráfico também vai mudar, respeitando a nova ordem!

Filtro de valores

Agora é possível filtrar os dados pelo seu valor. Você tem as seguintes opções:

Útil para ver rapidamente somente os ganhos do período, ou para excluir valores muito pequenos (ou muito grandes) do extrato.

Os mais aventureiros gostarão de saber que também é possível fazer a mesma filtragem pela caixa de busca, usando o prefixo "v:". Alguns exemplos:

v:+ positivos
v:- negativos
v:>50 maior que 50
v:<-100 menor que -100
v:=100 igual a 100
v:>=100 maior ou igual a 100

Parcelado e recorrente

Agora é possível cadastrar lançamentos que possuem seu valor parcelado, ou lançamentos que se repetem um determinado número de meses.

O formato é bem simples, basta adicionar uma barra ou um asterisco após o valor, seguido do número de parcelas/repetições:

/ Divisor Indica que o valor será dividido, ou seja, parcelado
* Repetidor Indica que o valor será repetido, ou seja, recorrente

Por exemplo, se você fez uma compra de R$ 120,00 no cartão de crédito e a parcelou em três vezes, cadastre este lançamento assim:

2009-08-15	-120/3	Vestido novo no shopping

O MoneyLog vai calcular automaticamente o valor de cada parcela e vai lançá-las para os meses seguintes. No seu extrato vai aparecer assim:

2009-08-15	-40	Vestido novo no shopping 1/3
2009-09-15	-40	Vestido novo no shopping 2/3
2009-10-15	-40	Vestido novo no shopping 3/3

Note que o mês é aumentado, é colocado o valor da parcela e não o total, e no final da descrição há números que indicam qual a parcela atual e quantas ainda faltam. Igual na sua fatura do cartão.

De maneira similar, se você vendeu algo e vai receber o valor em parcelas, basta colocar um número positivo antes da barra:

2009-08-20	100/5	Vendi o vestido (semi-)novo pra Maria

No extrato, vão aparecer os seguintes lançamentos:

2009-08-20	20	Vendi o vestido (semi-)novo pra Maria 1/5
2009-09-20	20	Vendi o vestido (semi-)novo pra Maria 2/5
2009-10-20	20	Vendi o vestido (semi-)novo pra Maria 3/5
2009-11-20	20	Vendi o vestido (semi-)novo pra Maria 4/5
2009-12-20	20	Vendi o vestido (semi-)novo pra Maria 5/5

Fácil e prático!

Já os pagamentos/ganhos recorrentes, você usa o asterisco em vez da barra e informa o valor da parcela e não o valor total.

Por exemplo, se você quiser cadastrar de uma vez todas as mensalidades da escola de seu filho para o ano de 2010. O valor da mensalidade é R$ 500,00 e o pagamento deve ser feito até o dia 5. Basta fazer:

2010-01-05	-500*12	Mensalidade da escolinha do Júnior

E novamente, o MoneyLog vai expandir os lançamentos futuros, deixando você chocado(a) ao ver no extrato com o tanto de dinheiro que vai sair do seu bolso:

2010-01-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 1/12
2010-02-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 2/12
2010-03-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 3/12
2010-04-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 4/12
2010-05-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 5/12
2010-06-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 6/12
2010-07-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 7/12
2010-08-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 8/12
2010-09-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 9/12
2010-10-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 10/12
2010-11-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 11/12
2010-12-05	-500	Mensalidade da escolinha do Júnior 12/12

Para cadastrar ganhos recorrentes é a mesma coisa, basta colocar um valor positivo. Por exemplo, se você aluga um imóvel e quer cadastrar o recebimento do aluguel de R$ 400,00 durante dois anos, faça 400*24.

Não confunda: a barra divide (parcela) o valor total, o asterisco multiplica (repete) o valor parcial.
Agradecimento: A ideia de fazer estes lançamentos parcelados e recorrentes veio do Ricardo Nishimura, com seu excelente myMoneyLog, que é uma versão modificada do MoneyLog. Obrigado Ricardo!

Código melhorado

O código do MoneyLog foi inteiramente reformado:

HTML:

CSS:

JavaScript:

Lançamentos:

Agora o MoneyLog tem uma mesma aparência, independente de qual o navegador utilizado, pois estou usando regras de CSS que eliminam as diferenças entre eles (reset.css). Com isso pude refinar mais a interface, sem medo de que algum elemento apareça fora de esquadro em um ou outro navegador.

Esta versão marca o abandono de navegadores antigos e problemáticos, como o Internet Explorer versões 5.5 e 6. Hoje o MoneyLog ainda parece funcionar neles, mas eu não faço mais nenhum teste. Se funcionar, funcionou. Senão...

Felizmente estes navegadores estão ficando cada vez mais no passado e a própria Microsoft quer forçar a atualização para versões mais novas. Em virtude disto, agora o MoneyLog é testado somente nas versões 7 e 8 do Internet Explorer.

Esta é a lista de navegadores que eu faço testes intensivos:

Outros navegadores devem funcionar, mas eu não sei pois não tenho como testar. De fato, o MoneyLog funcionará em qualquer navegador moderno que tenha um suporte decente a CSS e JavaScript.

Arquivo TXT

Nas versões anteriores do MoneyLog, você tinha que colocar seus lançamentos (ganhos e gastos) lá no final do programa, pertinho dos códigos HTML feiosos. Bem, você pode continuar fazendo isso nesta versão nova também, sem problemas.

Mas para ficar mais confortável e evitar danos ao programa por mexer acidentalmente em seu código, que tal deixar seus lançamentos em um arquivo TXT separado, que vai ter apenas os lançamentos e mais nada?

Agora isto é possível.

Escolha uma pasta em seu computador e baixe para dentro dela estes dois arquivos:

Edite o moneylog.txt e troque os dados de exemplo pelos seus próprios lançamentos.

Dica: Se você já usava versões anteriores do MoneyLog, migre seus dados copiando com o mouse todos os lançamentos lá no final do seu moneylog.html antigo e cole-os neste TXT novo.

Pronto! Agora basta abrir em seu navegador preferido o moneylog4-txt.html que você acabou de baixar e aproveitar as novidades dessa versão nova.

De agora em diante, sempre edite o TXT para cadastrar lançamentos novos.

Nota: Você também pode importar automaticamente os dados de seu extrato bancário, caso ele use um dos formatos conhecidos pelo conversor.
Nota: Outra vantagem do TXT separado é que não é mais necessário escapar os caracteres especiais do HTML, como &, < e >. Se você fez uma compra na C&A, pode escrever normalmente, não precisa mais do feioso C&amp;A de antigamente.

Google Chrome e TXT

A partir da versão 5.0.335, o Google Chrome endureceu as regras de segurança e bloqueou completamente a leitura de arquivos locais, mesmo que estejam na mesma pasta.

Sabe o seu querido arquivo TXT com os lançamentos do MoneyLog? Pois é, o Chrome não deixa mais fazer a leitura dele, e na tela só aparecerá a seguinte mensagem:

Carregando arquivo.txt...

As soluções:

Vários TXT

Uma vez que você começar a usar um arquivo TXT separado para seus lançamentos e gosta da ideia, é normal depois de um tempo querer usar dois ou mais arquivos para separar melhor seus dados.

Alguns casos onde este cenário pode ser útil:

Ao usar mais de um arquivo TXT, aparecerá um menu no topo, onde você pode escolher qual arquivo utilizar.

     →     

O legal é que a mudança de arquivos é feita na hora, sem precisar recarregar a página, mantendo as mesmas configurações de visualização: opções, filtro, tags, ordenação, tudo.

Mas como dizer ao MoneyLog para usar estes arquivos?

Edite o MoneyLog e faça uma alteração na linha 438. Troque de:

var dataFiles = ['moneylog.txt'];

para:

var dataFiles = ['2009.txt', '2008.txt', '2007.txt', '2006.txt'];

Ou seja, você vai tirar o nome padrão moneylog.txt e vai colocar os nomes dos seus arquivos. Sempre coloque os nomes entre aspas, e separados por vírgulas. Na dúvida, cole esta linha de exemplo e a altere.

Ah, na linha anterior (437), é importante que o oneFile esteja com o valor falso. Caso não esteja, troque de

var oneFile = true;       // Full app is at moneylog.html single file?

para:

var oneFile = false;      // Full app is at moneylog.html single file?

Ou seja, basta trocar a palavra "true" por "false".

Dica: Por padrão é sempre carregado o primeiro arquivo da lista, então coloque por primeiro aquele que você for utilizar mais frequentemente.
Dica: Aconselho que estes arquivos estejam todos dentro da mesma pasta do MoneyLog, para evitar problemas no acesso.

Versão BETA

Você sabia que o MoneyLog tem uma versão beta (estável) que está em constante evolução?

Se você não quer esperar meses (às vezes anos) por uma versão nova, use a versão beta que novidades são adicionadas frequentemente. A próxima versão do MoneyLog (v5), por exemplo, eu não faço ideia de quando vai sair, se é em 2009 ou 2010. Mas em compensação semana que vem já deve ter novidade na beta.

Não se preocupe, apesar do nome beta, ela é bem estável pois é a versão que eu utilizo diariamente, então qualquer problema arrumarei rapidinho.

Eu anuncio no twitter as novidades, então é bem fácil acompanhar.

Meu MUITO OBRIGADO a todos aqueles que participaram: @adolfont, @arthurfurlan, @AYHarano, @battisti, @brolesi, @carlosjvaz, @denilsonsa, @digoreisnet, @farleyrangel, @_Felipe, @InFog9, @jamilson, @lornlab, @lorrenec, @lucasdsd, @lucmove, @marrcandre, @matheusbonela, @mayckxavier, @netum, @ralcantara, @renatolond, @ricobl, @rochacon, @rodrigospillere, @taiar, @urso, @vmmello. Tomara que eu não tenha esquecido de ninguém!

Consegui te deixar curioso(a)?
Então experimente: MoneyLog Beta.

Doação ao projeto

Que tal doar R$ 5,00 para ajudar o projeto?