.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:.

lembra quando você estudou poesia concreta na escola? aquela onde as frases eram postas de maneira a formar desenhos? ou ainda, antigamente quando ainda se usava muita máquina de escrever e faziam cartazes com letras grandes, que na verdade eram cheias de outras letrinhas? isso, é claro, foi antes da popularização dos computadores e seus "processadores de texto", com fontes e figuras escalonáveis.

antigamente também, na internet circulava apenas texto, sem imagens, e era utilizada apenas para uso militar. como figuras e esquemas tinham que ser passados de um lugar para outro, começaram a transitar os desenhos feitos com letras e símbolos.

o nome ASCII (lê-se "ásqui", e não causa "asco") se refere a um padrão que define um conjunto de 128 caracteres para os computadores se comunicarem entre si. a arte ascii usa 95 destes caracteres, que são basicamente os que estão no teclado de seu computador: as letras, números e símbolos.

então, apenas de posse de um teclado e um editor de textos simples como vi, pico ou o próprio bloco de notas do windows, os artistas ascii canalizam a criatividade e produzem obras admiráveis. o único requisito básico é que o editor mostre as letras em fonte fixa, também chamada monoespaçada, onde todas as letras ocupam a mesma largura na tela, desde o i até o m, como a courier por exemplo.

    .:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:.

como fazer arte ascii (AA daqui adiante) em seu computador? a maneira mais fácil de desenhar com caracteres é utilizar um programa conversor para gerar o desenho a partir de uma imagem GIF por exemplo, como este online: http://www.degraeve.com/gif2txt.shtml. mas é claro, um desenho convertido NÃO é arte. AA só é AA se o desenho foi feito todo "na mão".

feitas diretamente com o teclado, há vários tipos de AA desde a fina, apenas de traçado (http://www.geocities.com/SoHo/7373/new.htm) até a cheia, que é sólida (http://users.inetw.net/~mullen/ascii.htm), e as mistas, trabalhando com brilho, contraste, cor e até 3D! e ainda há várias técnicas para ajudar a chegar ao resultado final, como usar transparências ou folhas quadriculadas coladas no monitor, para não se perder nas proporções.

além disso, usando-se GIF animado ou javascript, pode-se fazer AA animada na internet, basta desenhar cada "tela" e depois passá-las em seqüência. ou ainda utilizar uma linguagem de programação para mostrar cada "cena" num intervalo de tempo estipulado.

    .:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:.

uma categoria nova surgida com os monitores de resolução alta e navegadores que colorem texto, é a de transformar um texto qualquer numa figura, apenas colorindo as partes certas, como neste pingüim com trechos de código C em cores diversas compondo sua textura: http://www.autsch.de/bitsteller/linux_penguin.html.

uma área da AA que sempre deu trabalho e é considerada por muitos algo chato de se fazer na mão são letras. mas o programa FIGlet (http://www.figlet.org) acabou com a lamúria e é o principal criador de fontes ascii. basta passar uma palavra ou frase para ele para vê-la escrita com dezenas de fontes diferentes. você pode baixar e instalar o programa, ou testá-lo na versão online em http://figlet.zelab.net. simplesmente escreva o texto na caixa e aperte go. perfeito.

existe uma biblioteca "gráfica" para console chamada aalib (http://aa-project.sourceforge.net/aalib), que faz gráficos usando caracteres ascii. ela é bem comple[tx]a e alguns programas foram feitos a utilizando, como seu próprio programa de demonstração bb (http://aa-project.sourceforge.net/bb), que é imperdível, instale e veja. outro programa é o aatv (http://n00n.free.fr/aatv), para você assistir tv com as imagens sendo apenas texto. show de bola. e o gimp (http://www.gimp.org), que a utiliza para salvar imagens como texto.

    .:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:.

os artistas de AA ao redor do globo têm suas coleções de obras (http://www.afn.org/~afn39695/collect.htm) e uma campanha de respeito, para que suas assinaturas não sejam retiradas dos desenhos quando copiados (http://designs.multiservers.com/mIRC/respect.html).

fora para observação simples, desenhos em AA são úteis em assinaturas de e-mail (http://www.math.fu-berlin.de/~guckes/afw/sig.collection), jogos para console (http://artax.karlin.mff.cuni.cz/~brain/0verkill), e-zines e periódicos (http://www.geocities.com/SoHo/Gallery/6446), demonstrações de fé (http://www.geocities.com/SoHo/7373/newtest.jpg), vacas [loucas?] (http://www.mcs.brandonu.ca/~ennsnr/Cows/guide.html) ou taras (http://www.asciibabes.com).

quer aprender como fazer AA? simplesmente tente. demora mas sai alguma coisa. se quiser saber como os artistas fazem suas obras, veja na página de cada um deles. alguns descrevem seu procedimento. para começar, um bom documento para ler é http://users.inetw.net/~mullen/crateach.htm.

veja mais informações sobre o assunto em http://www.ascii-art.com e no newsgroup alt.ascii-art, e para achar algum desenho sobre um tema específico, acesse http://www.stud.uni-hannover.de/~freise/ascii. no Brasil, temos o news://news.uol.com.br/uol.mundodigital.ascii_art onde os usuários trocam muitos AA.

e é claro, para finalizar, um exemplo de AA simples:

     o   \ o /  _ o        __|    \ /    |__         o _  \ o /   o
    /|\    |     /\   __\o   \o    |    o/    o/__   /\     |    /|\
    / \   / \   | \  /) |    ( \  /o\  / )    |  (\  / |   / \   / \


<--- Voltar para o índice