Meu cérebro me enganou

Noite passada sonhei que estava no Chile, na casa de um amigo. O sonho foi mais ou menos assim:

Durante o dia passeei pelas ruas e conversei com muitas pessoas.

Já de noite, na casa de meu amigo, estávamos reunidos na sala com uma galera, papeando.

Só nesse momento eu me dei conta que todo mundo estava falando em português comigo, o dia todo.

Como assim??!?

Perguntei para o chileno que estava ao meu lado e ele me disse que todos no Chile aprendiam português na escola, desde criança. Os que estavam ao redor confirmaram.

Acreditei, ué. Afinal, ali estavam eles falando comigo em português.

O sonho continuou por mais um tempo, com mais bate-papos.

Só depois que acordei e lembrei do sonho, me dei conta que meu cérebro me enganou!

Na verdade, o cérebro não conseguiu criar diálogos em espanhol no sonho (óbvio, porque não domino a língua) e improvisou com o português mesmo. Quando percebi essa falha, na maior cara de pau ele me mandou esse caô de “aprender português na escola”. E o mané aqui acreditou.

Estou indignado, não se pode confiar no próprio cérebro! :)

— EOF —

Gostou desse texto? Aqui tem mais.

comments powered by Disqus