Barbearia Morgana

— Mog, meu cabelo tá quebrando…
— Onde?
— Aqui ó, nas pontas.
— Ah, então tem que cortar!

(e ela saiu correndo)

— Péra, onde você vai?
— Já voltooooo…
— Glup.

(espero alguns segundos, ela volta com uma tesoura na mão)

— Tchaaan!
— Mas hein?
— Tem que cortar as pontinhas!
— E você sabe fazer isso?
— Claro!
— É…
— Já cortei o cabelo da minha mãe altas vezes.
— Mmmmm…
— Deixa deixa deixa deixa!
— Erm… Tá.
— Eba! Vai ficar liiiindo!
— Ei, mas é só a pontinha!
— Sim, sim, não se preocupa.
— Mog, tou falando sério.
— Eu gosto do teu cabelo, não vou estragar!
— Tá, mas lembra, só a pontinha tá?
— Xá comigo.

(medo)

(ela segura um chumaço grande e…)

— Tchac!

(silêncio)

(pausa)

— Mog?
— …
— Alou? Tudo bem?
— …
— Por que você tá quieta?
— Tô triste.

(medo²)

— Glup. P-P-Por quê?
— Eu acho que eu cortei demais…

E assim amiguinhos, termina esta curta (literalmente) e triste história :)

corte-cabelo

— EOF —

Gostou desse texto? Aqui tem mais.

comments powered by Disqus