Minha palestra na PyConBrasil

Resumo: Vou dar palestra na PyConBrasil dia 31 agora, em Joinville. Se puder, vai lá!

Banner PyConBrasil

Não gosto da rotina de palestrante.

Pula para o ano de 2004

Você larga sua casa, sua família, seus amigos e tudo o que está fazendo para arrumar malas e sumir por alguns dias. Muito tempo de vida perdido em ônibus, táxis, vans e aeroportos. Não sou fanático por leitura, preferia estar na praia ou na pedra.

O avião dá mais medo a cada viagem. Sentado em sua poltrona esperando a decolagem, você vê pela janelinha aquele funcionário com cara de odeio-meu-trabalho apertando uma porca da turbina. A asa balança e faz barulho durante o vôo. De repente você percebe que o avião não é uma tecnologia alienígena infalível, mas sim um ônibus que voa, que depende de manutenção cuidadosa feita por pessoas que possivelmente recebem um salário insuficiente. Medo.

Isso sem contar a atual fila nos aeroportos e a histeria coletiva aérea.

Nomes de hotéis, números de quartos, cafés da manhã fartos (mas você come pouco), correria, amigos-relâmpago que você nunca mais vai ver. E de repente lá está você a caminho do aeroporto novamente, não tendo conhecido nem um pedacinho da cidade que acaba de “visitar”.

Fiquei uns dias em Brasília dando cursos para um treinamento monstro bancado pelo governo federal. Pergunte-me qualquer coisa sobre a cidade, que eu não saberei responder. Massa, né?

Quando você chega em casa, tem que desfazer as malas e recolocar tudo em seu lugar. Você também precisa voltar para o ponto exato onde parou antes de começar toda essa viagem. Isso às vezes leva bastante tempo, pois apesar de seu corpo ter voltado, sua cabeça ainda está longe. Concentração não vem em um estalo de dedos.

Enfim, a rotina de “viagem a trabalho” parece divertida no início, mas enjoa muito rápido.

A parte boa é que a palestra em si sempre te deixa com aquela sensação de que valeu a pena todo o esforço. Ver as pessoas atentas, instigar, provocar reações, surpreender-se com perguntas interessadas e conversar no final. Os aplausos são como o resultado do vestibular: você foi aprovado por aquela platéia. Satisfação e felicidade instantâneas. É, valeu.

Cansado de tentar equilibrar essa balança de emoções boas e ruins, dei minha última palestra em Outubro de 2004.

Pula para 2007

Um, dois, quase três anos… O tempo passa.

Eis que surge a PyConBrasil, um evento focado em minha linguagem de programação preferida (Python) e que este ano será realizado em Joinville, a terra da minha namorada, distante menos de 100 Km daqui de Matinhos.

.oO( Mmmm… Joinville, Python, ver amigos nerds, posso ir de carro, Mog vai junto, pouso garantido, aproveitamos o final de semana. Será um passeio gostoso com uma palestra no meio. É, assim é massa. )

Tá. Seria legal participar. Mas qual o tema da palestra?

Recentemente estudei o PyObjC, que faz a ponte entre Python e Cocoa, a poderosa API usada pelos aplicativos do Mac OS X. Com ele posso usar o Xcode e o Interface Builder normalmente, codificando na minha linguagem preferida sem ter que aprender Objective-C ou apelar para o limitado AppleScript.

Traduzindo para o português: com esse tal de PyObjC eu posso fazer programinhas bonitinhos para o Mac, programando em Python!

Fiz alguns programas simples para testar o conceito e fiquei impressionado com a qualidade dessa “ponte”. É lindo :)

Programa em PyObjC - txt2tags
Programa de teste, que acessa o txt2tags em tempo real, enquanto digita.

Um mundo de possibilidades abriu-se. Muitas idéias pipocaram na cabeça, escolhi a que pareceu mais promissora e deixei o planeta por alguns dias, programando insanamente. “Cara! Como esse negócio é bom!”

Programa em PyObjC - Sem nome
Programa não terminado, ainda sem nome e sem previsão.

É isso, vou falar sobre o PyObjC na PyConBrasil (que sopa de letrinhas, hein?).

A palestra

  • Data: 31 de Agosto de 2007 (sexta-feira)
  • Horário: 16h30
  • Título: Tem cobra dentro da maçã – Como fazer um aplicativo Cocoa programando em Python (PyObjC)
  • Descrição: Pretendo fazer do zero um aplicativo simples, montar a interface, conectar os componentes e digitar o glue code em Python. É tudo muito rápido, feito no Xcode e Interface Builder, da Apple. Também vou mostrar um outro aplicativo que fiz, que acessa o txt2tags como módulo e faz conversões on the fly para 10 formatos diferentes, enquanto o texto é digitado. No momento estou fazendo um aplicativo maior e complexo, que vai estar pronto até o evento. Se der também também mostro ele para o pessoal ter uma idéia de como os programas Python ficam sexys no Mac, com Cocoa.
  • Link: http://pyconbrasil.com.br/sobre-o-evento/inscricoes/4fd65dd6065f80c705c1e16564f3a957

Então é isso, a proposta é fazer uma palestra com ZERO slides :)

Nada de enrolação e blábláblá, será mãos no teclado e olhos na tela. Faremos um programa do zero, você verá todo o processo desde o início. Não é necessário nenhum conhecimento prévio em Mac ou Cocoa. O conhecimento em Python é desejável para que você possa entender o código que será digitado.

É, vai ser “programação ao vivo” ;)

Se você tiver o tempo e a oportunidade de ir, vai ser legal nos encontrarmos por lá. Lembre-se que é necessário fazer sua inscrição no site do evento.

Ah, a livraria Tempo Real vai estar com uma banquinha por lá e o livrinho do piazinho vai estar à venda com desconto. Se você ainda não tem, pode ser uma boa oportunidade.

Se você já tem o livrinho e é daqueles(as) que gosta de ter a primeira página toda rabiscada, é só me dar a caneta que eu faço o serviço :)

Vou escrever aqui bem discreto e sem destaque, pois essa é somente para os leitores fiéis do blog, que não perdem nem um parágrafo sequer. Deixe um comentário nesse texto (não esqueça de preencher o e-mail) e apareça lá na palestra. Ao final dela, venha falar comigo e você ganha um PDF da apostila de Shell ou do canivete suíço, a sua escolha. Não vou colocar links aqui para não chamar a atenção, mas como leitor do blog, você sabe de quais PDFs estou falando, certo?

Como diria o tiozinho dono do motel na propaganda da tevê: Apareeeeeça!

Atualização 26-Ago-2007: Lembrei que ainda tem umas (seis, para ser exato) camisetas das Funções ZZ por aqui. Vou levar lá. Quem levar o livrinho verde ou o livrinho branco ganha desconto e leva a camiseta por 20ão.

Atualização 04-Set-2007: O evento foi bem bacana! Coloquei no ar o roteiro completo da palestra, mostrando todos os passos que foram feitos, com links para os fontes dos programas. Se você quer brincar de PyObjC, aproveite!

Atualização 14-Abr-2008: Assista ao vídeo completo da palestra!

— EOF —

Gostou desse texto? Aqui tem mais.

comments powered by Disqus