O amanhecer de uma idéia

Final de semana retrasado meus pais desceram para Matinhos. No domingo de manhã estávamos tomando um café sossegado, com o sol brilhando forte lá fora, logo cedo.

Olhando pela janela, minha mente estava longe, alternando entre vários pensamentos aleatórios. Mais uma mordida no pão com queijo e presunto. Mastigando vagarosa e distraidamente. Gole de café pramolecer o bolo.

De repente, uma idéia nova.

É… Poderia dar certo… Tem um apelo sentimental… Dá pra fazer… Uso o botão com image view… Clica e mostra, compara… Dá pra fazer toolbar, usar preferences, botar som fazer scores mandar pro servidorficapúblicoemPHPéfáci-Ei! Isso vai ficar legal!

Apesar da empolgação mental do “momento lampadinha acesa na cabeça”, a única mudança externa foi a parada na mastigação. Os pais nada percebem. Como nerd calejado, sou comedido na comemoração até que várias possibilidades sejam analisadas.

Foram mais alguns poucos minutos de silenciosa antecipação programativa de vários problemas técnicos que eu poderia enfrentar. Fiquei imaginando trechos do código, visualizei a “cara” da janela, apertei uns botões, ouvi barulhinhos joiados, enxerguei possíveis soluções para possíveis problemas. Tentei encontrar um impeditivo para provar a mim mesmo que o programa seria inviável. Mas no fim, nada encontrei empolgado fiquei.

- Acabei de ter uma idéia de um programa novo, vou fazer hoje.
- Que bom, filho.

Minha mãe odeia computadores e não entende direito as coisas que faço, mas sempre me apóia. O café da manhã continuou, mas eu estava diferente. Minha cabeça já estava lá no computador, adiantando o “serviço”. Esse pão não acaba nunca!

Foi um ataque súbito de nerdice em um domingo ensolarado. Na praia. Me senti o próprio Homer Simpson dedilhando o ar quando vê uma rosquinha.

Isso foi há 11 dias.

Passado todo esse tempo ainda estou aqui internado programando, fazendo a idéia ganhar forma. O conceito já funcionou naquele domingo mesmo, durante a tarde. Mas o que toma muito tempo é ficar polindo, aparando as arestas, criar opções e configurações, fazer ícones e testar todas as esquinas do programa para que o usuário não termine em um beco sem saída.

Para os distraídos: pescou por que ultimamente o blog estava sem textos novos? :)

Estou quase lá, semana que vem deve estar pronta a versão um. Mas o que é este programa, afinal? Diga-me você:

Domingosoft

Quem adivinhar o que é e o que faz esse programa, ganha uma Apostila de Shell, um Canivete Suíço em PDF ou uma cópia do software quando estiver pronto. É só escolher.

Use os comentários para dar seu palpite. Se ninguém acertar ganha quem chegar mais perto. As pistas estão na foto e no texto. Leia com atenção!

Carla, Rodrigo, Cícero e outros para quem já contei, não podem brincar :)

Atualização em 13-Nov-2007: Tá, eu sei que essa demora foi ABSURDA, mas acabei esquecendo de avisar que o jogo ficou pronto, foi lançado (é só pra Mac) e um monte de gente já brincou e mandou seus recordes para o site. Quer saber mais sobre ele? Acesse o site: EmoMemory (ah, é em inglês).

Atualização em 17-Dez-2011: O jogo EmoMemory agora é gratuito e seu código-fonte foi liberado.

— EOF —

Gostou desse texto? Aqui tem mais.

comments powered by Disqus