Dois anos de Mac OS X

Agora em Outubro completei dois anos de uso diário do Mac OS X. Durante esse período, nada de Linux. Windows então? Desse já nem me lembro mais…

Aviso importante: Este post fala exclusivamente sobre o sistema Mac OS X. O hardware (iBook) e a empresa que o fabricou (Apple) não são relevantes nas opiniões. Em outras palavras: é sobre software e usabilidade, e não fanatismo fundamentalista.

A idéia não é fazer propaganda nem dizer que o sistema é melhor que os outros. Gostaria apenas de registrar um fato: eu gosto.

Com a experiência de mais de 700 dias de uso, já posso dizer que conheço bem a maioria das características da interface, as teclas de atalho e as combinações de teclas e cliques. Já fucei em todos os menus, botões e opções disponíveis. Uso dezenas de aplicativos, da Apple e de terceiros, softwares livres, freewares, sharewares, dashboards e também já desenvolvi meus próprios aplicativos para o sistema.

Foi uma imersão completa e hoje sinto-me muito à vontade tanto como usuário quanto desenvolvedor. Geralmente quando chego nesse estágio de conforto e domínio, perco o interesse pelo assunto e vou procurar algo novo para sugar meu tempo.

Parênteses: Uma das raras exceções à perda crônica de interesse é o editor VI, que uso diária e intensamente para escrever e programar há quase 10 anos. Podem até me forçar a usar o Windows, mas não me deixem sem o VI :)

Mas aqui estou, escrevendo este texto no VI, Mail.app aberto com mensagens novas, Safari já adiantado no WordPress e o iTunes ressuscitando um Agent Orange de 1981 em volume considerado prejudicial ao sistema auditivo. O Preview me aguarda para depois continuar a revisão do PDF do livro, mas antes vai ter que rolar um Tetris básico no Quinn para relaxar.

É, usar o Mac OS X ainda me dá muito prazer. Isso é bizarro. Eu já deveria ter enjoado. Ou pelo menos acostumado e já não achar mais tudo tão legal. Afinal, é só um software onde rodam outros softwares… E já são dois anos pô! Parece que alguém colocou alguma coisa na minha bebida.

Ei, Joey! Já te mostrei esse F9???

— EOF —

Gostou desse texto? Aqui tem mais.

comments powered by Disqus