Uno arrombado

Sabadão, carro amanhecido na rua, próximo ao centro da cidade. Ao me aproximar do bólido prateado, uma surpresa indigesta:

  1. Cacos de vidro na rua, nos bancos e no assoalho do carro
  2. Fios coloridos e retorcidos onde antes costumava ficar o toca-fitas
  3. Porta-luvas aberto.

Uau, um ladrão pé-de-chinelo desesperado roubou meu toca-fitas tosco!

Uno arrombado
Onde antes o som aflorava, agora reside um vazio silencioso…

Reconstituição do crime: Um ser humano está precisando de grana e vê em meu Uno uma possível fonte de renda. Rua escura, sem movimento, parece fácil.

Primeiro, estoura o vidro do motorista com a própria mão (havia sangue no banco). Seu amadorismo é gritante, pois qualquer mané micha um Uno. Uma vez dentro do carro, o ser finalmente percebe que não há absolutamente nada de valor para ser levado.

Para não perder a viagem, resolveu levar o toca-fitas mesmo, que deve valer 5 ou 10 reais no mercado paralelo. Com a delicadeza de um mamute, arrancou todo o painel central, com rádio, ventoinhas e controles do ar, limpador e desembaçador.

Ainda insaciado(a), resolveu levar também o meu porta-fitas (com 12 das minhas melhores fitas) que estava no porta-luvas. De brinde, levou o paninho laranja (provavelmente para estancar o sangue). Lastimável, patético.

Eu torço para que ele/ela arranje uma fonte de 12V e ligue o toca-fitas em seu quarto. Além das rádios, vai ouvir um hardcore de boa qualidade :)

— EOF —

Gostou desse texto? Aqui tem mais.

comments powered by Disqus